A Aprofurg - Seção Sindical do ANDES-SN realizou nos dias 18 e 19 de outubro, a eleição para a sua nova diretoria biênio 2022-2024. Esta é a segunda eleição realizada desde o início da pandemia. Diferentemente do outro pleito, que aconteceu de forma digital, este ano a votação foi presencial nos três campi regionais, Santo Antônio da Patrulha, São Lourenço do Sul e Santa Vitória do Palmar, além do campus carreiros, hospital universitário e IFRS - Campus Rio Grande. 

O escrutínio foi realizado na tarde de hoje, dia 20 de outubro, pelos integrantes da comissão eleitoral, Anne Pinheiro Leal, Eder Dion de Paula Costa e Rodolfo Carapelli. Por ampla maioria, a chapa "Democracia em Movimento", que tem como presidenta, a professora Marcia Umpierre (ICEAC), e vice-presidente, o professor do IFRS - campus Rio Grande, Gustavo Borba de Miranda foi eleita com 97,4% dos votos válidos, somando 75 votos. A votação também teve 1 voto em branco e 1 voto nulo. O total de votos da eleição foi de 77.

A Assembleia para a posse da nova diretoria está programada para ocorrer no dia 4 de novembro, na sede da Aprofurg - Seção Sindical do ANDES.

 

Veja como ficou a nova diretoria da APROFURG - Seção Sindical do ANDES-SN para o biênio 2022-2024, composta por cinco mulheres e cinco homens:

 

Presidenta: Marcia Borges Umpierre – ICEAC – Campus SLS

Vice-Presidente: Gustavo Borba de Miranda – IFRS

1ª Secretária: Angélica Conceição Dias Miranda - ICHI

2º Secretário: César André Luiz Beras – ICHI – Campus SVP

1ª Tesoureira: Magda de Abreu Vicente – IE/FURG

2º Tesoureiro: Cristiano Ruiz Engelke – ICHI/FURG

1º Suplente: Felipe Amaral Borges – ICEAC – Campus SAP

2º Suplente: Dardo Lorenzo Bornia Junior – IFRS

3ª Suplente: Angelita Fialho Silveira – IFRS

4ª Suplente: Rita Patta Rache – ILA 

 



 

A última terça-feira, 18, ficou marcada como o Dia Nacional de Luta Contra o Confisco das Verbas da Educação. Atos contrários aos cortes nos orçamentos das universidades públicas e institutos federais foram realizados por todo o Brasil. Em Rio Grande a concentração ocorreu ao longo da tarde, no Largo Dr. Pio.

Convocado pela AproFurg, AptaFurg, APG, Sinterg, entre outras entidades, o ato reuniu o movimento sindical, movimentos estudantis, comunidade acadêmica, trabalhadores e comunidade em geral em uma manifestação pacífica em defesa da educação. Os recentes cortes orçamentários nos recursos previstos para a educação pública, bem como o confisco de verbas anunciado pelo Governo Federal, motivaram a mobilização que reiterava a importância da valorização e dos investimentos em educação pública. Além disso, o movimento também reivindicava a urgência e necessidade da troca de governo.

De acordo com a Presidenta da AproFurg, Marcia Umpierre, a mudança ocorre com a mobilização dos movimentos estudantis e sindicais. “Mais uma vez a história mostra que é através da luta que derrubamos muitas barreiras. Foi assim na ditadura militar e vai ser assim que venceremos esta batalha. Estamos aqui hoje para defender a FURG e os Institutos Federais. Este governo vem atacando os nossos orçamentos ao longo de quatro anos. A FURG é um patrimônio da nossa cidade e é nosso dever defendê-la. Continuaremos mobilizados nas ruas e a nossa vitória será dia 30, nas urnas”, declarou.

Após a fala de demais entidades sindicais e movimentos estudantis, que explanaram sobre a importância das mobilizações, da defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, os manifestantes seguiram em uma grande caminhada pelas ruas do centro de Rio Grande. De forma pacífica, o ato marcou a insatisfação com os cortes orçamentários anunciados pelo governo, no que tange a educação pública.

 

Texto e foto: Nicole Soares Corrêa

 

 

Ficam os(as) Docentes da Universidade Federal do Rio Grande - FURG e IFRS - Campus Rio Grande convocados para a Assembleia Geral a ser realizada no dia 17 de outubro, segunda-feira, na sede da APROFURG*, às 9h30min em primeira convocação, e, 10h, em segunda convocação, com qualquer quorum.


Pauta:
- Informes;
- Análise de conjuntura;
- Deliberação de Paralisação do dia 18 de outubro;
- Liberação do Fundo de Greve para o custeio de atividades de mobilização e luta;
- Posicionamento da Aprofurg com relação ao 2º Turno das eleições nacionais;
- Assuntos Gerais;

O não comparecimento de vossa senhoria implicará no acatamento de todas as decisões tomadas na Assembleia.

* Seguindo uma deliberação do 39º Congresso do ANDES-SN, as assembleias serão descentralizadas. As salas nos campi de Santo Antônio da Patrulha, Santa Vitória do Palmar e em São Lourenço do Sul serão divulgadas posteriormente.

Rio Grande, 13 de outubro de 2022
Marcia Borges Umpierre
Presidenta

 

Na noite de ontem, 17, foi realizada  Assembleia Unificada Simultânea no Centro de Convivência do Campus Carreiros da Universidade Federal do Rio Grande – FURG, com a participação dos campi de Santo Antônio da Patrulha, São Lourenço do Sul e Santa Vitória do Palmar através de plataformas virtuais.

A assembleia reuniu a AproFurg, AptaFurg, APG, Sinterg, estudantes da universidade e movimentos estudantis como DCE, UNE e Kizomba. O objetivo do encontro com diversas entidades sindicais foi deliberar sobre a importância da mobilização de docentes, estudantes e comunidade em geral para os atos em defesa dos investimentos em educação, que serão realizados nesta terça-feira, 18.

A partir das 14h, a comunidade acadêmica se concentrará no Largo Dr. Pio em defesa da valorização da educação pública, contra o confisco de verbas e o corte no orçamento das instituições. Para além disso, de acordo com a presidenta da AproFurg, Marcia Umpierre, é necessário conscientizar a população da importância da educação, das universidades e instituições públicas para o futuro do país. Após o ato no Largo Dr. Pio, será realizada uma caminhada pelo centro de Rio Grande, às 18h.

O dia 18 de outubro ficará marcado como o Dia Nacional de Luta Contra os Cortes na Educação. Sindicatos, estudantes, educadores, comunidade acadêmica e trabalhadores de todo o Brasil irão às ruas em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, denunciando o confisco de verbas e cortes orçamentários anunciados pelo Ministério da Educação (MEC).

 

 Texto e foto: Nicole Soares Corrêa

 

Nota oficial Aprofurg e Aptafurg (13.10.22)

 

Vimos por meio desta nota informar à comunidade acadêmica da Furg e do IFRS – Campus Rio Grande, sobre os motivos que nos levaram a cancelar o transporte para a aula pública que ocorreria em Pelotas na data de 11.10.22.

A atividade estava sendo organizada pela reitoria da UFPEL e, na manhã do dia 11, recebemos a informação de que o ato não seria mais realizado em função das más condições climáticas. Por esse motivo houve a necessidade de tomarmos uma decisão difícil que foi a de cancelar o transporte para Pelotas.

A decisão tomada por nós, das diretorias da Aprofurg e Aptafurg, não foi fácil em função das muitas implicações que recairiam às entidades que dirigimos, mas levou em consideração a necessidade de sermos ágeis para avisar a todas as pessoas que se deslocariam a Pelotas e cancelar o transporte. Cabe destacar o cuidado que devemos ter, enquanto entidades sindicais da educação, ao assumirmos a responsabilidade de todas as vidas que estariam nos ônibus fretados.

De forma alguma essa foi uma decisão política, pois nossa principal motivação foi a segurança das (dos) estudantes, docentes e técnicas (os) que iriam no transporte. Precisamos lembrar que estamos vivendo um momento muito triste da nossa democracia que se encontra diante de extremismos e de uma grave instabilidade política, principalmente, frente às eleições que se aproximam. Assim, é de responsabilidade das entidades zelar pela integridade do grupo que iria para Pelotas.

Outrossim, por estarmos em outra cidade, tínhamos informações imprecisas sobre as atividades que ocorreriam em Pelotas, uma vez que as questões que garantiriam a segurança do ato também tinham sido canceladas.

Destacamos ainda que nossa decisão de Assembleia geral unificada entre DCE, Aptafurg e Aprofurg, ocorrida no dia 06.10.22, foi por participar da atividade que, em primeiro momento havia sido cancelada, o que compromete financeiramente nossa instituição.

Os cortes, a destruição da Universidade, do serviço público e das políticas públicas da educação permanecerão, por isso, convidamos todas as instituições representativas a permanecerem unidas frente ao inimigo comum, que é o governo Bolsonaro.

Por fim, lamentamos o fato de não termos ido a Pelotas no dia 11/10/2022, pois fizemos um grande esforço junto com as (os) docentes, estudantes e técnicas (os) para viabilizar tal ação.

Queremos ressaltar o nosso compromisso com toda a organização, quer seja jurídico/burocrática, quer seja financeiro e política para com as ações para o ato do dia 18/10, a ser deliberado em Assembleia próxima.

Continuamos juntas, juntos e juntes, prezando sempre pelo respeito às construções coletivas e às entidades representativas.

Saudações de dias melhores.

 

Diretorias da Aprofurg e da Aptafurg.

Notícias Regionais

NOTÍCIAS DO SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR