63 CONAD chega ao segundo dia com muitos debates no Ceará

 

Depois de diversas atrações culturais e várias plenárias, que aconteceram no primeiro dia do evento, os debates foram divididos em seis grupos mistos.

O segundo dia do 63º CONAD, que acontece até o próximo domingo, dia 1º de julho foi de muito debate na Universidade Federal do Ceará, em Fortaleza. A sexta-feira foi dedicada aos grupos mistos propostos pelo ANDES/SN. Os professores delegados (as) e observadores (as) foram divididos em seis grupos para discutir o tema II “Avaliação e atualização do plano de lutas: educação, direitos e organização da(o)s trabalhadora(e)s, durante a parte da manhã. A Associação dos Professores da Universidade Federal do Rio Grande (APROFURG) teve representatividade em todos os espaços.

 

“Não é por acaso que nós viemos com uma delegada e seis observadores (as), pois é muito importante que possamos participar de todos os grupos mistos e todas as discussões. Cada grupo discute as diferentes TR’s aleatoriamente, para que todos os pontos possam ser abordados e a APROFURG possa participar de todos os debates”, explicou o observador do 63º CONAD e presidente da APROFURG, Cristiano Engelke. Engelke ainda destacou que os pontos debatidos no CONAD já foram previamente conversados em assembleia geral na sede da Associação, o que deixa os professores ainda mais preparados para o evento.

 

Vários assuntos foram abordados durante os debates na parte da manhã, mas um dos temas mais polêmicos do dia, intitulado “Combater o Golpe: Defender a Universidade, a Democracia e a Liberdade de Lula: Constituir comitês nas IES” gerou grande discussão na Universidade Estadual do Ceará.  Para o presidente da APROFURG, o tema divide o ANDES. “A divisão fica bem clara se verificarmos a última eleição da diretoria do Sindicato, que ocorreu em maio deste ano, onde uma das principais diferenças entre a chapa 1 e 2 estava na aceitação se houve ou não um golpe, além da defesa da liberdade do ex-presidente Lula”, explicou Engelke. O professor alertou ainda que não é uma defesa eleitoral do ex-presidente, com o intuito do chamamento de votos, mas a discussão em defesa da liberdade pela ilegalidade de uma prisão política.

 

Durante o período da tarde foi a vez do tema III ser protagonista das discussões. Intitulado “Avaliação e atualização do plano de lutas: Setores”, vários pontos foram discutidos pelos grupos, como por exemplo o plano de lutas do setor das IFES. A programação do 63º CONAD segue neste sábado, dia 30 de junho, com o grupo misto do tema IV “Questões organizativas e financeiras”, além das Plenárias do tema II e III.

 

Assessoria de Imprensa APROFURG

logo-facebookTwitter-High-Quality-PNG

Contato

Endereço: Av. Itália, km 08 - Bairro Carreiros, Rio Grande - RS, 96203-000

Telefone:(53) 3230-2522 / 3230-1939